Limpa Fossa em Recife

As fossas sépticas fazem parte de um conjunto de importantes medidas para se garantir que haja o devido saneamento básico em áreas residenciais localizadas onde não se possui o adequado sistema de tratamento e coleta de esgoto. Normalmente os locais que exigem a necessidade de uma fossa séptica se localizam longe dos grandes centros urbanos.

A fossa séptica então irá garantir que essas residências possuam seu adequado sistema de coleta e tratamento de esgoto, para que assim as residências não sofram com o mau cheiro proveniente de dejetos e afins, além de correr graves riscos à saúde por falta do devido descarte de dejetos sanitários. A falta de tratamento adequado dos dejetos e descartes sanitários poderia contaminar a fauna, flora, terra e todo o ambiente.

Não necessariamente só a falta de uma fossa pode causar isso, mas uma fossa mal limpa começará a ter problemas no seu funcionamento e causar tudo que também já fora listado. Pensando nisso, a limpeza e manutenção adequada de uma fossa é praticamente tão importante quanto a própria instalação da fossa em si.

Afinal, uma fossa em pleno funcionamento, limpa e arrumada irá servir como uma excelente forma de se garantir a qualidade de vida e que assim o meio ambiente em torno da zona residencial será totalmente seguro.

Como é feita a limpeza da fossa séptica

Para garantir que uma fossa séptica tenha seu pleno funcionamento e suas funções sejam realizadas com perfeição, ela deverá passar por um processo de limpeza e manutenção periódicos, evitando assim que haja qualquer problema relacionado à saúde e bem-estar.

A limpeza da fossa séptica é um processo separado em duas etapas. Na primeira etapa, a fossa séptica passa por um processo de retenção do esgoto. Após essa etapa, dentro da fossa o esgoto passará pela próxima etapa.

Durante essa segunda etapa, o esgoto passará pela sedimentação dos dejetos que estão depositados no interior da fossa. Assim, todo dejeto sólido irá passar por um processo químico, o deixando em um estado semilíquido, semelhante a um lodo.

Assim, bactérias anaeróbias irão fazer mais um processo químico nesse lodo, eliminando todo o efeito de materiais prejudiciais à saúde e meio ambiente, juntamente os efeitos das bactérias fecais presentes nos dejetos sanitários.

Por fim, todo esse processo irá resultar em uma imensa diminuição dos materiais sólidos e líquidos dos dejetos, e estabilizará os gases presentes dentro da fossa séptica. Após esse processo, o material restante pode ser descartado sem problemas no meio ambiente.

Assim, após esse processo, um caminhão equipado com uma bomba de sucção a vácuo deverá sugar o produto resultante e o transportar para o devido local de tratamento de esgoto. É importante denotar que esse processo deverá se repetir em um prazo e até dois anos para garantir que a fossa continue em pleno funcionamento.

Clique aqui e contate a Desentupidora Mentor para um serviço de qualidade e segurança na sua residência ou empresa.